domingo, 11 de julho de 2010

Velhos tempos de outrora !!!! ORIGENS


Certa vez ouvindo a galera conversar ainda no colégio meados de 94, sobre montanhas e um tal de Marumbi não resisti e me atravessei no papo e no fim de semana seguinte estava conhecendo a nossa serra do mar, fomos com a galera do colégio e como não conhecíamos absolutamente nada, pulamos do trem em movimento antes da ponte São João devido ao sinal de nosso "guia" de que era ali o ponto de desembarque tendo que caminhar até o Marumbi pelo trilho, tomamos cachaça nas clareiras pois na época não existia o camping e a galera que nos levou não tinha comida então pegaram a nossa foi um fiasco, mas enfim eu conhecia a serra, no final de semana seguinte fomos sem a ajuda dos "guias" do colégio, somente nossa turma.

Levamos olhares raivosos da "nata do climb" paranaense por nossas mochilas estarem erradas e não serem das marcas da moda na época,não tínhamos a menor idéia do que era anorak, pili mas pagávamos cincão no trem e dividíamos os gorós com a galera do vagão, e éramos um bando de amigos de infância que curtia pra caralho, tomávamos banho de rio, acampávamos independente do tempo, chuva, sol, frio, calor nada impedia a caminhada, muitas noites caminhamos da rodoviária de Morretes até o Marumbi ou ao contrário com sol na pinha ou ainda pendurados no trenzinho da dona Siróba sentido Morretes.

Caminhávamos 25 Km só para ver se era verdade que existia uma cachoeira perdida como fizemos na cachoeira de Sengés interior do estado, más o importante que estávamos unidos e como um bando de irmãos confiávamos uns nos outros e sabíamos que nunca um deixaria o outro na mão, só que a vida cobra seu preço e a chegada da vida adulta foi tirando isso,uns casaram outros abandonaram a montanha e sinto falta as vezes das roubadas em que nos metiamos das "farofeiragens" sem compromisso, mas sempre com responsabilidade, pois nunca depredamos nada ou abandonamos o nosso lixo em nenhuma montanha, eramos apenas uma piazada mal equipada e cheia de vontade que fazia mutirões para recuperar a trilha do salto dos macacos por conta própria ou descia de bike pela 277 e subia pela Graciosa no mesmo dia comendo pão com banana e bolo de fubá.
Brejeiros Adventure Team:
Suky, Marcos, Binho, Geromo, Sérgio, Binha, Simone, Danny, Marcia, Chapisco, Volmar, Anderson, doidão, Rodrigo, Erico, João, Guto, Paulinho.

Segue umas fotinhas antigas pra matar a saudade da galera!!











quinta-feira, 8 de julho de 2010

Bosque do "Professor".

Aproveitando os últimos dias de vagabundagem, fui dar uma pedalada para conhecer o bosque do professor, já que não pude comparecer na inauguração que foi no Sábado passado!
O bosque fica praticamente atrás da Ópera de Arame em uma rua calma, logo na entrada tem uma rosa dos ventos que chama a atenção pela beleza e mostra montanhas do Paraná e Áustria (a terra natal do professor) a entrada ficou bem caprichada e a placa com o poema escrito pelo professor no seu aniversário de 88 anos é um resumo de sua história, o terreno tem uma inclinação no mínimo "Getulhistica" na entrada por isso acho que o professor curtiu, mas agora chega de papo e vou deixar as fotos e a recomendação para quem ainda não visitou, que vá e preste mais uma homenagem ao eterno professor!!!



video